Ministério da Saúde ocultou números de coronavírus porque Bolsonaro queria menos de mil mortes por dia

247 - Jair Bolsonaro determinou ao Ministério da Saúde que o número de óbitos por coronavírus no Brasil fique abaixo de mil por dia, de acordo com o jornal Estado de S. Paulo.

A solução encontrada foi separar os óbitos ocorridos nas últimas 24 horas das mortes de datas anteriores, mas que só foram confirmadas naquele período. A determinação de Bolsonaro teria sido, portanto, o motivo que causou a polêmica mudança na política de divulgação dos dados da pandemia no País.

O Planalto tenta passar à sociedade a sensação de que o avanço da Covid-19 no Brasil já está desacelerando e, assim, insistir na narrativa de exagero da mídia.

Atualmente o País registra 37.312 óbitos e 685.427 casos confirmados da Covid-19. É o segundo local no mundo com mais registros da doença e o terceiro em número de mortos.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio