Bolsonaro diz que novo PGR deve ser um homem e será indicado até quinta-feira

Jair Bolsonaro (PSL) afirmou que deve anunciar até quinta-feira (5) o nome indicado para assumir a Procuradoria-Geral da República. Depois o escolhido será sabatinado e aprovado em votação no Senado. O ocupante do Planalto não adiantou o nome, mas sinalizou que será do sexo masculino. "Tem que tirar nota 7 em tudo e ser alinhado comigo", afirmou ele

(Foto: ADRIANO MACHADO - REUTERS)

247 - Jair Bolsonaro (PSL) afirmou que deve anunciar até quinta-feira (5) o nome indicado para assumir a Procuradoria-Geral da República. Depois o escolhido será sabatinado e aprovado em votação no Senado. O ocupante do Planalto não adiantou o nome, mas sinalizou que será do sexo masculino. 

"Tem que tirar nota 7 em tudo e ser alinhado comigo", afirmou ele ao jornal Folha de S.Paulo. 

A expectativa também fica por conta de uma eventual influência do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) na escolha por causa de sua tentativa de escapar de investigações sobre suas movimentações financeiras atípicas e milionárias.   

Quando assessora o parlamentar na Assembleia Legislativa do Rio, Fabrício Queiroz movimentou R$ 7 mihões em de 2014 a 2017, de acordo com relatório do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras).

Segundo Bolsonaro, o escolhido para a PGR, seja qual for, vai "apanhar", apenas por ter sido escolhido por ele.

Como já esperado, Bolsonaro afirmou que não se comprometeu a escolher um dos nomes da lista tríplice. Os outros dois nomes são Luiza Frischeisen e Blal Dalloul.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247