Bolsonaro diz saber o nome do mandante da facada com base em carta de 'vizinho de cela' de Adélio

Na busca por uma narrativa que tire os holofotes do fracasso gerencial do governo, Bolsonaro afirma que recebeu uma carta de um vizinho de cela de Adélio. O ex-capitão diz que não vai dizer o nome do suposto mandente porque "vão falar que a carta é forjada"

Jair Bolsonaro e Adelio Bispo
Jair Bolsonaro e Adelio Bispo (Foto: ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Na busca por uma narrativa que tire os holofotes do fracasso gerencial do governo, Bolsonaro afirma que recebeu uma carta de um vizinho de cela de Adélio. O ex-capitão diz que não vai dizer o nome do suposto mandente porque "vão falar que a carta é forjada". 

A reportagem do jornal O Globo destaca que. Bolsonaro repassou o documento “às autoridades competentes”. 

Em vídeo publicado na internet, Jair Bolsonaro diz: "chegou uma carta às minhas mãos e passei para as autoridades competentes. (...) A carta não foi dele (Adélio Bispo) não, é do vizinho de cela. Ele conta o drama dele primeiro, pô, dá até vontade de chorar. O drama dele, cheio de problema, etc. Se eu tivesse 10% dos problemas que ele tem teria morrido há muito tempo. Mas tudo bem, a carta chegou (...) e falou que o Adélio tem falado algumas coisas lá que... "

O ex-militar ainda acrescenta: "se quiser vazar a carta pode vazar (inaudível) vocês pegaram essa carta. Agora, qual o problema ali? Se se ... não pode publicar a carta, pelo trecho, pela letra, alguém pode chegar no vizinho e matar o vizinho.  Acho que é bom... não vaza não, pode dar problema pro vizinho."

E conclui: "chegou ao meu conhecimento uma correspondência do vizinho de cela contando por alto quem poderia ser o mandante do crime. Eu não quero falar o nome do cara porque podem vir me questionar, vão falar que eu que forjei essa carta para criticar o João da Silva de tal partido. — disse o presidente."

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247