Bolsonaro diz ser vítima da falta de liberdade de expressão

"Você sabe minha taxa de sucesso quando eu processo alguém? Zero. Se o cara me chama de fascista, por exemplo, eu entro com processo e não acontece nada. Mas se eu chamo ele de fascista, levo R$ 20 mil no lombo", disse Jair Bolsonaro a apoiadores nesta quinta-feira (4)

Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - O presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido-RJ) reclamou para apoiadores, nesta quinta-feira (4), na porta do Palácio da Alvorada, que é vítima da falta de liberdade de expressão.

Ao ouvir a sugestão de um apoiador de que “seguisse o conselho de Olavo de Carvalho e processasse quem o chamasse de genocida”, Bolsonaro alegou que não tem sucesso em ações judiciais deste tipo.

“Rapaz, você sabe minha taxa de sucesso quando eu processo alguém? Zero. Se o cara me chama de fascista, por exemplo, eu entro com processo e não acontece nada. Mas se eu chamo ele de fascista, levo R$ 20 mil no lombo. Não adianta, minha taxa de sucesso é próxima de zero”, afirmou o presidente.

“E outra coisa, se é liberdade de expressão, tem que valer para todo mundo, pô. Eu num… você paga a sucumbência depois? ”, devolveu o presidente.

Leia a íntegra na Fórum. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247