Bolsonaro diz sonhar com presídio agrícola para trabalho forçado de presos

"Eu sonho com um presídio agrícola. É cláusula pétrea, mas eu gostaria que tivesse trabalho forçado no Brasil para esse tipo de gente, mas não pode forçar a barra", afirmou o presidente Jair Bolsonaro

(Foto: Divulgação)

247 - O presidente Jair Bolsonaro defendeu nesta quarta-feira (31) o trabalho forçado para preso no Brasil. O chefe do Planalto destacou que a Constituição proíbe tal penalidade, mas disse que é seu “sonho” a existência de presídios agrícolas no país.

“Eu sonho com um presídio agrícola. É cláusula pétrea, mas eu gostaria que tivesse trabalho forçado no Brasil para esse tipo de gente, mas não pode forçar a barra. Ninguém quer maltratar presos nem quer que sejam mortos, mas é o habitat deles, né?”, disse Bolsonaro no fim de uma cerimônia em que assinou o contrato de concessão de trechos da ferrovia Norte-Sul em Anápolis (GO).

O presidente amenizou a morte de quatro presos por sufocamento dentro do caminhão-cela que os transferia para unidades de Belém (PA). “Porque uma ambulância, quando pega uma pessoa até doente no caminho, ela pode vir a falecer. O que eu pretendo fazer? … Pessoal, problemas acontecem, está certo? Se a gente puder, eu vou conversar com o ministro Moro Sergio Moro, ministro da Justiça e Segurança Pública nesse sentido”, disse.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247