Bolsonaro escolhe almirante Segovia Barbosa para presidir Apex

O presidente Jair Bolsonaro deve oficializar a nomeação do contra-almirante da Marinha Sérgio Ricardo Segovia Barbosa para a presidência da Agência de Promoção da Exportação (Apex); a nomeação de Segovia é considerada como uma vitória do núcleo militar do governo sobre o ideológico.

Bolsonaro escolhe almirante Segovia Barbosa para presidir Apex
Bolsonaro escolhe almirante Segovia Barbosa para presidir Apex (Foto: Carolina Antunes/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente Jair Bolsonaro escolheu o contra-almirante da Marinha Sérgio Ricardo Segovia Barbosa para a presidência da Agência de Promoção da Exportação (Apex). A informação é da jornalista Cristiana Lôbo, da Globonews, que afirma que a nomeação deve ser publicada até esta quarta-feira (24) no Diário Oficial da União.

A nomeação de Segovia acontece após um crise na agência. O primeiro presidente da Apex na atual gestão, Alecxandro Carreiro, ficou menos de dez dias no cargo. O embaixador Mario Vilalva assumiu e foi demitido pelo ministro das relações Exterior, Ernesto Araújo. Vilalva saiu acusando Araújo de ser "desleal" e agir de má-fé contra ele.

Diferentemente de Vilalva, Segovia terá autonomia para escolher os diretores da agência, que é vinculada ao Ministério das Relações Exteriores e tem a função de promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira.

Na avaliação da jornalista, a nomeação de Segovia representa uma vitória do núcleo militar do governo sobre o ideológico. Segovia ocupava até aqui o cargo de sub-chefe de Inteligência Estratégica do Ministério da Defesa.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247