Bolsonaro: estão fazendo um esculacho com meu filho

Dos EUA, Jair Bolsonaro criticou a quebra de sigilo bancário e fiscal na investigação sobre as movimentações financeiras de seu filho, o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ); segundo o presidente, “estão fazendo um esculacho em cima” do parlamentar; “Querem me atingir? Venham pra cima de mim. Eu abro o meu sigilo, não vão me pegar”, provocou 

Bolsonaro: estão fazendo um esculacho com meu filho
Bolsonaro: estão fazendo um esculacho com meu filho (Foto: Agência Brasil)

247 - De Dallas, nos Estados Unidos, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) criticou nesta quinta-feira (16) a quebra de sigilo bancário e fiscal na investigação sobre as movimentações financeiras de seu filho, o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ). De acordo com o chefe do Planalto, “estão fazendo um esculacho em cima” do parlamentar.

“Querem me atingir? Venham pra cima de mim. Eu abro o meu sigilo, não vão me pegar”, provocou Bolsonaro, segundo o Broadcast Político, do jornal O Estado de S.Paulo.

O Tribunal de Justiça do Rio autorizou a quebra de sigilo fiscal e bancários em 95 pedidos feitos pelo Ministério Público (MP-RJ) e entre os alvos estão participantes de negócios imobiliários envolvendo o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ). A autorização ocorreu em abril.

De acordo com informações do jornal O Globo, três empresas do ex-jogador de vôlei de praia Fábio Guerra terão suas informações levantadas pelo MPRJ. O ex-atleta que comprou em 2017 um apartamento de Flávio na Zona Sul do Rio por R$ 2,4 milhões.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247