Bolsonaro flexibiliza lei do rodeio: Agricultura é que vai dizer se o animal é bem tratado

Com o decreto, fica definido que compete ao Ministério da Agricultura avaliar o bem-estar de animais utilizados em festas de rodeio. “Respeito todas as instituições, mas lealdade eu devo a vocês", disse Bolsonaro em Barretos

(Foto: Marcos Corrêa/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente Jair Bolsonaro assinou um decreto que flexibiliza a realização de rodeios no Brasil. O anúncio foi feito por ele na noite deste sábado 17 no Parque do Peão de Barretos, interior de São Paulo.

Com o decreto, fica definido que compete ao Ministério da Agricultura avaliar o bem-estar de animais utilizados em festas de rodeio. 

"Em Barretos, por exemplo, uma lei municipal impedia a prova do laço, já não realizada na Festa do Peão desde meados da década passada, e a organização suspendeu a prova do bulldog após a morte de um bezerro, em 2011. Na prova, o bezerro é imobilizado pelo competidor", explica reportagem da Folha.

Agora, todas as festas poderão realizar as provas, seguindo normas definidas pelo ministério. 

“Respeito todas as instituições, mas lealdade eu devo a vocês", disse Bolsonaro em Barretos.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email