Bolsonaro impôs a Moro sua maior derrota, diz Bernardo Mello Franco

O jornalista Bernardo Mello Franco, colunista do Globo, diz que Sergio Moro sofreu sua maior derrota com a criação da figura do juiz de garantias – algo que impede a repetição do padrão Lava Jato, em novos julgamentos. Ele diz ainda que Moro passou recibo de sua frustração

Bernardo Mello Franco e Sergio Moro
Bernardo Mello Franco e Sergio Moro (Foto: Divulgação | José Cruz/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – "A criação do juiz de garantias é a maior derrota imposta a Sergio Moro desde que ele abandonou a toga para entrar na política. O ministro da Justiça já havia sido contrariado outras vezes pelo Congresso e pelo próprio chefe. Mas a nova figura jurídica, sancionada na véspera do Natal, é uma resposta direta à sua atuação na Lava-Jato", diz o jornalista Bernardo Mello Franco, em sua coluna no jornal O Globo.

“É uma grande ironia. No chamado pacote Moro, foi aprovada uma medida que acaba com o jeito Moro de julgar”, diz o deputado Paulo Teixeira (PT-SP), citado na coluna de Mello Franco.

"Ao reclamar da sanção presidencial, Moro deu mais combustível aos congressistas que festejavam sua derrota", lembra ainda o jornalista. “Perdeu e passou recibo. Deve ter sido o pior Natal da vida dele”, provoca Paulo Teixeira.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247