Bolsonaro parte para cima de Alckmin e o associa à Lava Jato

Depois de desistir de participar dos debates - porque estes mais o prejudica que o ajuda - Jair Bolsonaro (PHS) tenta começar a fazer campanha do enfrentamento planejado; ele atacou Alckmin e tentou associá-lo à Lava Jato: “Alckmin se juntou ao que tem de pior na política brasileira. É por isso que os eleitores dele agora estão me apoiando. É só comparar a minha vida pregressa com a dele. Estou no sétimo mandato de deputado federal e não tenho uma mancha. Já ele está na mira da Lava Jato em São Paulo”

Bolsonaro parte para cima de Alckmin e o associa à Lava Jato
Bolsonaro parte para cima de Alckmin e o associa à Lava Jato (Foto: Reuters)

247 - Depois de desistir de participar dos debates - porque estes mais o prejudica que o ajuda - Jair Bolsonaro (PHS) tenta começar a fazer campanha do enfrentamento planejado. Ele atacou Alckmin e tentou associá-lo à Lava Jato: “Alckmin se juntou ao que tem de pior na política brasileira. É por isso que os eleitores dele agora estão me apoiando. É só comparar a minha vida pregressa com a dele. Estou no sétimo mandato de deputado federal e não tenho uma mancha. Já ele está na mira da Lava Jato em São Paulo”.

A reportagem do jornal O Estado de S. Paulo destaca que Bolsonaro resolveu partir para cima de Alckmin: "Bolsonaro disse que as últimas pesquisas mostraram que a estratégia de Alckmin, de se juntar aos partidos do chamado Centrão para ter mais tempo de televisão, não deu certo. 'O tal do blocão, o grande acordo que existe entre eles, e que o PSDB nega se for perguntado, é que, em chegando lá, o presidente assina um indulto para o Lula e para uma parte do Lava Jato'."

Segundo a reportagem, Bolsonaro afirma que "deputados de grande parte desse centrão, e até do PSDB, não vão pedir voto para o Alckmin. O deputado pede voto para o Alckmin e acaba perdendo voto. Ele (Alckmin) vai ter dificuldade para que os deputados do centrão trabalhem para ele.”

O ex-capitão decidiu abrir a 'caixa de ferramentas' para justamente responder ao programado ataque de Alckmin, cuja única chance de subir nas pesquisas e erodindo a sua candidatura. Bolsonaro partiu para cima de Alckmin com uma energia inédita: "pergunte para o Alckmin sobre o aborto e sobre ideologia de gênero. Ele vai ficar em cima do muro. As minhas posições são claras, são as mesmas que eu defendo sempre.”

 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247