Bolsonaro pede que pais apoiem controle de roupas e corte de cabelo em escolas militares

Presidente sugeriu que pais recorram à PGR contra recomendação para que escolas deixem de impor padrões estéticos aos estudantes

Jair Bolsonaro e alunos de escolas militares
Jair Bolsonaro e alunos de escolas militares (Foto: Marcos Corrêa/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - O presidente Jair Bolsonaro foi às redes sociais nesta segunda-feira (30) para pedir que pais de estudantes de escolas militares na Bahia recorram à Procuradoria-Geral da República contra uma recomendação do Ministério Público Federal (MPF-BA) para que os colégios deixem de impor padrões estéticos aos estudantes.

“Sugerimos que a Escola, qualquer pai, mãe, aluno, ou interessado da comunidade, manifeste irresignação (recorra) à 1a Camara de Coordenação e Revisão do MPF (sede da PGR/Brasília). Dessa forma a recomendação poderá ser cassada”, escreveu o presidente, ao compartilhar uma notícia sobre a medida.

Leia mais na Fórum.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247