Bolsonaro pode acabar com a democracia, diz professor de Harvard

"O Brasil se tornará muito violento rapidamente. Ele pode usar isso como desculpa para acabar com a democracia e suspender a Constituição", diz o professor e autor do best-seller Como as Democracias Morrem

Bolsonaro pode acabar com a democracia, diz professor de Harvard
Bolsonaro pode acabar com a democracia, diz professor de Harvard

247 - O professor de Ciência Política da conceituada Universidade Harvard, Steven Levitsky, disse, em entrevista à BBC News, que o país pode se tornar violento caso Bolsonaro venha a ser eleito, e que ele pode usar este fato para acabar com a democracia e suspender a Constituição.

Autor do best-seller Como as Democracias Morrem, Steven diz que o candidato do PSL pode eliminar direitos civis básicos, especialmente das minorias, dos pobres, dos trabalhadores rurais e ainda aparelhar do Estado e do Judiciário para perseguir pessoas politicamente, seja por corrupção, fraude fiscal ou por qualquer outro tipo de crime.

"O Brasil tem um problema grande de violência e de crime organizado, com facções como o PCC e o Comando Vermelho. Se Bolsonaro lançar uma guerra contra essas organizações, o Brasil se tornará muito violento rapidamente. Ele pode usar isso como desculpa para acabar com a democracia e suspender a Constituição. É muito improvável que ele faça isso no dia seguinte à sua posse, mas as chances aumentam se ele estiver enfrentando uma crise", disse o professor.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Brasil

Folha agora usa Vaza Jato contra Lula

O jornal Folha de S.Paulo publica reportagem na edição desta segunda-feira (16), em que passa a usar informações da Vaza Jato contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso político em...

Ao vivo na TV 247 Youtube 247