Bolsonaro prega insubordinação após continência da PM-SP: “Ordem absurda não se cumpre”

"PM de São Paulo parabéns a vocês. Ordem absurda não se cumpre", afirmou Jair Bolsonaro, depois que policiais prestaram continência diante de um ato bolsonarista que aconteceu na Avenida Paulista

(Foto: Divulgação - Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro pregou a insubordinação de policiais militares de São Paulo após um grupo prestar continência e apoiar ato golpista na Avenida Paulista neste domingo (24). Em ato pró-Bolsonaro na capital paulista, policiais, que aparentemente realizavam patrulhamento no local, prestaram continência diante dos bolsonaristas, ligaram as luzes das viaturas e alguns fizeram sinais de aprovação.

"PM de São Paulo parabéns a vocês. Ordem absurda não se cumpre. Não é só eu, presidente, não. Nós autoridades estamos sempre ao lado do povo", afirmou a seguidores que estiveram na manhã desta segunda-feira (25) na portaria do Palácio da Alvorada.

Questionado sobre o derretimento de sua imagem no exterior, Bolsonaro afirmou que a "mídia mundial é de esquerda"

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247