Bolsonaro quer testar fidelidade de Moro com demissão na PF

"Incomodado com a postura do ministro Sérgio Moro, o presidente Jair Bolsonaro quer testar a fidelidade do ex-juiz da Lava Jato", escreve Bela Megale em sua coluna no jornal O Globo. "Para isso, insiste na demissão diretor-geral da Polícia Federal, com quem Moro trabalhou por anos na operação Lava-Jato"

(Foto: José Cruz - ABR)

247 - "Incomodado com a postura do ministro Sérgio Moro, o presidente Jair Bolsonaro quer testar a fidelidade do ex-juiz da Lava Jato", escreve Bela Megale em sua coluna no jornal O Globo. "Para isso, insiste na demissão diretor-geral da Polícia Federal, com quem Moro trabalhou por anos na operação Lava-Jato".

De acordo com a jornalista, "na semana passada, em meio a crise, o presidente disse a aliados que demitiria o chefe da pasta da Justiça. Acabou demovido da ideia por um de seus ministros". 

"A informação chegou aos ouvidos de Moro, que foi aconselhado por integrantes da cúpula do Planalto a baixar a fervura e não fazer movimentos para sair do governo. Ouviu que seria melhor ficar como ministro e ter um legado para mostrar em 2022 do que ficar no limbo até as próximas eleições", complementa.


Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247