Bolsonaro retira R$ 1,4 bi da Educação para obras de infraestrutura

A inauguração de obras das duas pastas tem sido uma estratégia de Bolsonaro para impulsionar sua popularidade, já levando em conta a corrida eleitoral de 2022

Palavras do Presidente da República, Jair Bolsonaro.  10/11/2020
Palavras do Presidente da República, Jair Bolsonaro. 10/11/2020 (Foto: Isac Nóbrega/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Mirando a reeleição, Jair Bolsonaro sancionou nesta quarta-feira (11) o projeto de lei que libera R$ 6,1 bilhões para a conclusão de obras dos ministérios do Desenvolvimento Regional e da Infraestrutura. Os recursos virão de cortes em outras áreas, inclusive R$ 1,4 bilhão da educação.

Segundo reportagem do jornal O Globo, A liberação de recursos atende a um pedido dos ministros Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional) e Tarcísio Freitas (Infraestrutura) e vem sendo negociado há meses no governo. Como o projeto remaneja recursos de outas pastas, não haverá descumprimento do teto de gastos.

A inauguração de obras das duas pastas tem sido uma estratégia populista de Bolsonaro para impulsionar sua popularidade, já levando em conta a corrida eleitoral de 2022 e sua reelição. O aumento de gastos é um dos pontos de atrito entre Marinho e o ministro da Economia, Paulo Guedes, que é contra elevar despesas.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247