Bolsonaro rompe de vez com lavajatismo e diz que Ministério Público “abusa mesmo”

Jair Bolsonaro deixou claro nesta segunda-feira que não vai se posicionar ao lado do Ministério Público na discussão da lei contra abusos de autoridade. "O Ministério Público, em muitas oportunidades, abusa. Abusa", afirmou o ocupante do Planalto

(Foto: ADRIANO MACHADO - REUTERS)

247 - Jair Bolsonaro rompeu de vez com a Operação Lava Jato e reconheceu  nesta segunda-feira (2) que membros do Ministério Público cometem abuso de autoridade em diversas ocasiões. O ocupante do Planalto agora diz que ele mesmo foi vítima disso. Bolsonaro fez o comentário enquanto falava dos vetos que deve fazer no projeto sobre o tema aprovado recentemente no Congresso.

"Deixo bem claro. O Ministério Público, em muitas oportunidades, abusa. Abusa. Eu sou uma vítima disso. Respondi tantos processos no Supremo por abuso de autoridade. Isso não pode acontecer. Todo o MP, eu sei que grande parte é responsável, mas individualmente alguns abusam", disse Bolsonaro, na saída do Palácio da Alvorada.

O ocupante do Planalto disse durante o fim de semana que pretende vetar nove pontos do projeto sobre abuso de autoridade, e que está analisando ainda um décimo. "Nove estão garantidos, vou discutir o último", acrescentou.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247