Bolsonaro será alvo de denúncias no Conselho de Direitos Humanos da ONU

O governo Bolsonaro, nesta semana, será alvo de uma série de denúncias na ONU pela sua irresponsabilidade em relação à pandemia, afirmou o colunista Jamil Chade, do Uol

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Documento elaborado por entidades brasileiras e internacionais será tratado pelo Conselho de Direitos Humanos da ONU, nesta semana em Genebra, focando em Jair Bolsonaro. Ele será alvo de “uma série de denúncias formais na ONU” pela sua irresponsabilidade em relação à pandemia, afirmou o colunista Jamil Chade, do Uol.

A alta comissária da ONU para Direitos Humanos e ex-presidente do Chile, Michelle Bachelet, estará apresentando um informe sobre a situação internacional da pandemia do coronavírus. Chade informa que “entidades como a Conectas e Comissão Arns prometem usar a ocasião” para denunciar o governo Bolsonaro e situação no Brasil.

Ele ainda afirmou que outras entidades vão denunciar o governo, como “Amazon Watch, Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB), Conectas Direitos Humanos, Conselho Indigenista Missionário (CIMI), Fundação Luterana de Diaconia (FLD), Geledés - Instituto da Mulher Negra, Grupo Tortura Nunca Mais - Bahia, Ilê Omolu Oxum, Instituto Vladimir Herzog, Terra de Direitos e outras”.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247