Bolsonaro: só haverá um novo imposto se não levar a aumento da carga tributária

"Não tem aumento de carga tributária. Pode substituir imposto", disse Jair Bolsonaro ao comentar a eventual criação de um novo imposto

Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro (Foto: Marcos Corrêa - PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro afirmou neste domingo (2) que a eventual criação de um novo imposto deve ser acompanhada de desonerações ou extinção de algum imposto antigo. "Não tem aumento de carga tributária. Pode substituir imposto. Mas ninguém aguenta pagar mais imposto", afirmou ele, questionado por jornalistas durante uma visita a uma padaria em Brasília (DF).

O governo discute a criação de um novo imposto. O ministro da Economia, Paulo Guedes, sugeriu a cobrança sobre transações eletrônicas, nos moldes da antiga da CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira). 

Bolsonaro disse que tem conversado com Guedes sobre compensações para o eventual novo imposto, como por exemplo a revisão na tabela do Imposto de Renda.

"O que eu falei com o Paulo Guedes. Pode ser o imposto que você quiser. Tem que ver do outro lado o que vai deixar de existir. Se vai diminuir a Tabela do Imposto de Renda, fazer desoneração, acabar com o IPI [Imposto sobre Produto Industrializado]. Tem que botar os dois lados da balança", acrescentou.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247