Bolsonaro sobre João Gilberto: uma pessoa conhecida, tá ok?

Inculto, Jair Bolsonaro praticamente ignorou a morte de João Gilberto, um dos maiores artistas de todos os tempos no Brasil. "Uma pessoa conhecida. Nossos sentimentos à família, tá ok?"

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – No momento em que o Brasil perdeu um de seus maiores artistas, o presidente Jair Bolsonaro, que simboliza a ignorância no poder, praticamernte não teve nada a dizer. "[Era] Uma pessoa conhecida. Nossos sentimentos à família, tá ok?". João Gilberto morreu neste sábado, aos 88 anos. Leia, abaixo, reportagem da Agência Brasil:

Cantores e artistas brasileiros lamentaram hoje (6) a morte do cantor e compositor João Gilberto. Por meio das redes sociais, amigos e fãs postaram suas homenagens ao Pai da Bossa Nova.

Em seu perfil no Instagram, a cantora Gal Costa postou um foto antiga ao lado cantor e disse: "Se foi João Gilberto o maior gênio da música brasileira. Influência definitiva no meu canto.
Fará muita falta mas seu legado é importantíssimo para o Brasil e para o mundo".

O cantor Ed Motta também postou uma mensagem no Instagram em homenagem a João Gilberto. "Um capítulo seminal da arte desse planeta descansa hoje. Que artista imenso, descanse em paz mestre supremo".

O escritor e dramaturgo Walcyr Carrasco prestou condolências aos familiares do cantor e afirmou que João Gilberto foi um dos músicos mais importantes e influentes do Brasil.

A cantora Maria Bethânia também lembrou dos momentos ao lado do amigo e disse que a cultura brasileira perdeu uma personalidade lendária.

"Todo e total respeito e reverência a essa entidade da Música Brasileira. Descanse em paz, João Gilberto!", publicou a cantora.

Mais cedo, a morte de João Gilberto foi confirmada pelo filho do artista Marcelo Gilberto, que também é músico, em seu perfil na rede social Facebook. A causa da morte ainda não foi divulgada.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email