Bolsonaro sugere que homossexuais poderão sofrer 'punição divina'

"Cada um fez o que bem entender da sua vida. E quem acredita, né…Vai ver depois como se entende quando deixar essa terra", disse

www.brasil247.com -
(Foto: Paulo Whitaker/Reuters | Alan Santos/PR)


247 - Jair Bolsonaro voltou a destilar sua homofobia ao insinuar que a comunidade LGBT poderá ser alvo de algum tipo de punição divina "quando deixar esta terra”. A declaração foi feita nesta segunda-feira (17) durante entrevista à uma rádio do Espírito Santo, de acordo com o site O Antagonista. Ainda conforme a reportagem, Bolsonaro também disse que o PT quer implementar a “ideologia de gênero” no país e que o partido já tentou atacar “o coração dos cristãos” em outras ocasiões.

“Ninguém é contra duas pessoas conviverem no seu canto e serem felizes. Cada um fez o que bem entender da sua vida. E quem acredita, né…Vai ver depois como se entende quando deixar essa terra. A gente não entra nessa Seara”, disse Bolsonaro. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email