“Bolsonaro virou Bolsonaro de novo", diz Arthur Virgílio sobre governo negar queimadas na Amazônia

“Bolsonaro virou Bolsonaro de novo. Negou o desmatamento e as queimadas", disse o prefeito de Manaus sobre o discurso de Bolsonaro no encontro com presidentes da América do Sul

Arthur Virgilio
Arthur Virgilio (Foto: Alex Pazuello/Secom)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O prefeito de Manaus, Arthur Virgilio Neto (PSDB), criticou o discurso de Jair Bolsonaro negando as queimadas na Amazônia.

“Bolsonaro virou Bolsonaro de novo. Negou o desmatamento e as queimadas, afirmou que ‘uns poucos brasileiros’ inventam esses problemas para queimar o Brasil no exterior. Ele está cada vez mais Delfim Moreira”, acrescentou Virgilio, segundo reportagem da coluna Painel, da Folha.

Ele se refere ao presidente Delfim Moreira que assumiu a presidência do Brasil após a morte de Rodrigues Alves, em decorrência da gripe espanhola em 1918. Delfim não chegou a terminar seu curto mandato pois foi declarado demente, atacado pela deterioração mental provocada pela arteriosclerose precoce.

Para Virgilio, a afirmação feita por Bolsonaro em discurso no encontro com presidentes da América do Sul, de que “a Amazônia arde em fogo é uma mentira”, contradiz a postura seu vice-presidente Hamilton Mourão, que teria admitido o crescimento do desmatamento.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247