Bolsonaro volta a atacar Lula: 'presidiário presta depoimento e não dá entrevista'

Presidente Jair Bolsonaro voltou a atacar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mantido como preso político em Curitiba, após a divulgação da entrevista concedida à TVT, onde Lula questionava a facada que Bolsonaro levou durante a campanha presidencial. "Que eu saiba, presidiário presta depoimento e não dá entrevista", disse; ainda segundo ele, se a facada fosse em Lula "sairia cachaça, com certeza"

247 - O presidente Jair Bolsonaro voltou a atacar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mantido como preso político em Curitiba, após a divulgação da entrevista concedida por ele à TVT, e exibida pelo Brasil 247, onde Lula questionava a facada que Bolsonaro levou durante a campanha presidencial. "Que eu saiba, presidiário presta depoimento e não dá entrevista", disse. Ainda segundo ele, se a facada fosse em Lula "sairia cachaça, com certeza".

Os ataques de Bolsonaro à Lula foram feitos na manhã desta sexta-feira (14), durante um café da manhã com jornalistas. Na ocasião, o , ministro do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno, deu murros na mesa, chamou Lula de desonesto e pediu sua prisão perpétua (leia no Brasil 247).

"Eu teria grana e influência para armar algo desse tamanho?", questionou Bolsonaro ao ser indagado sobre o assunto. Ainda segundo ele, dependendo do lugar da facada, o ferimento "sangra pra dentro", o que justificaria a ausência de sangue nos momentos sem que se seguiram ao atentado ocorrido durante uma ato de campanha em Juiz de Fora (MG).

 

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247