Bolsonaro volta a insinuar que sistema de votação brasileiro gera fraudes

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, voltou a insinuar que o sistema de votação no Brasil é falho e gera fraudes, numa nova crítica subliminar ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

Bolsonaro volta a insinuar que sistema de votação brasileiro gera fraudes
Bolsonaro volta a insinuar que sistema de votação brasileiro gera fraudes (Foto: Fotos: ABr)

247 - O presidente eleito, Jair Bolsonaro, voltou a insinuar que o sistema de votação no Brasil é falho e gera fraudes, numa nova crítica subliminar ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Bolsonaro fez do tema uma das suas bandeiras de campanha, mas na primeira visita que fez à presidenta do TSE, Rosa Weber, já como presidente eleito, pediu desculpas. No último sábado (8), porém, disse que proporá ao Congresso Nacional uma mudança no sistema de votação já no primeiro semestre de 2019. A afirmação foi feita em teleconferência para uma reunião internacional de direitistas realizada no Brasil, denominada "Cúpula Conservadora das Américas".

"Nós pretendemos votar no primeiro semestre uma boa proposta de sistema de votação no Brasil", declarou Bolsonaro, de acordo com informações da Agência Brasil.

Sem explicar o projeto, Bolsonaro disse que o objetivo é aperfeiçoar o sistema eleitoral no país. "Não estou aqui fazendo uma afirmativa. A desconfiança da possibilidade de fraude é uma coisa na cabeça de muita gente aqui no Brasil. Não é porque nós ganhamos agora que devemos confiar nesse processo de votação", disse.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247