Bolsonaro volta a prometer facilidades para porte de armas de fogo

Presidente Jair Bolsonaro anunciou que o governo está finalizando um projeto para facilitar o porte de armas de fogo para colecionadores, caçadores, atiradores esportivos e praças militares; segundo ele, o tema já foi discutido com o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, que teria avalizado a proposta; governo também pretende defender junto ao Congresso a criação de um excludente de ilicitude de cidadãos para casos que se enquadrarem como legítima defesa da própria vida ou da propriedade

Bolsonaro volta a prometer facilidades para porte de armas de fogo
Bolsonaro volta a prometer facilidades para porte de armas de fogo (Foto: Jos� Cruz/Ag�ncia Brasil)

247 - O presidente Jair Bolsonaro anunciou que o governo está finalizando um projeto para facilitar o porte de armas de fogo para colecionadores, caçadores, atiradores esportivos e praças militares. Segundo ele, o tema já foi discutido com o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, que teria avalizado a proposta.

Embora não tenha detalhado a proposta, Bolsonaro disse que está praticamente assegurado a concessão do porte de arma aos praças que atingirem a estabilidade na carreira militar, após dez anos de serviço. O porte, neste caso seria permanente, de maneira que os militares possam andar armados 24 horas, mesmo estando de folga ou já estarem na reserva.

Ainda segundo ele, o governo irá defender um excludente de ilicitude cidadãos para casos que se enquadrarem como legítima defesa da própria vida ou da propriedade. "Invasão de domicílio, uma chácara, uma chácara, o proprietário pode se defender atirando, e se o outro lado resolver morrer é problema dele. A propriedade privada é sagrada na Itália, e tem que ser no Brasil também", disse.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247