Boulos critica STF: ajuste no olho dos outros é refresco

"O STF aprovou reajuste para juízes que custará quase 1 bilhão a mais por ano para os cofres públicos. Há 2 anos, negou ação contra o congelamento dos gastos em saúde e educação porque o ajuste fiscal era 'fundamento das economias saudáveis'. Ajuste no olho dos outros é refresco", afirmou o presidenciável do Psol

Boulos critica STF: ajuste no olho dos outros é refresco
Boulos critica STF: ajuste no olho dos outros é refresco (Foto: Sul 21)

247 - O candidato do Psol à presidência da República, Guilherme Boulos, criticou a decisão do Supremo Tribunal Federal de incluir no orçamento de 2019 a previsão de reajuste salarial de 16,38% para os ministros da Corte, que é de R$ 33,7 mil atualmente, mas vai ultrapassar R$ 39 mil a partir do próximo ano.

"O STF aprovou reajuste para juízes que custará quase 1 bilhão a mais por ano para os cofres públicos. Há 2 anos, negou ação contra o congelamento dos gastos em saúde e educação porque o ajuste fiscal era 'fundamento das economias saudáveis'. Ajuste no olho dos outros é refresco", disse o presidenciável em sua conta no Twitter.

A Secretaria Geral do STF informou que o impacto da proposta aprovada é de R$ 2,87 milhões para o Supremo em 2019. De acordo com dados divulgados em 2015 pelo Supremo, o impacto em todo a Justiça federal chegará a R$ 717,1 milhões.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247