Boulos diz Weintraub não pode assumir MEC por agredir nordestinos

O coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, cobrou processo contra o novo ministro da Educação, Abraham Weintraub, para quem as universidades do Nordeste não deveriam oferecer cursos de sociologia e filosofia; "'Universidade nordestina não deve ensinar filosofia', disse o novo ministro da Educação. Esse cidadão tem que ser processado, não pode tomar posse", afirmou

Boulos diz Weintraub não pode assumir MEC por agredir nordestinos
Boulos diz Weintraub não pode assumir MEC por agredir nordestinos

247 - O coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, cobrou processo contra o novo ministro da Educação, Abraham Weintraub, para quem as universidades do Nordeste não deveriam oferecer cursos de sociologia e filosofia.

"'Universidade nordestina não deve ensinar filosofia', disse o novo ministro da Educação. Esse cidadão tem que ser processado, não pode tomar posse", disse o ativista no Twitter.

Durante uma transmissão pela internet em setembro do ano passado com Luis Philippe Bragança, atual deputado federal pelo PSL-SP,  Abraham disse que, "em Israel, o Jair Bolsonaro tem um monte de parcerias para trazer tecnologia aqui para o Brasil".

"Em vez de as universidades do Nordeste ficarem aí fazendo sociologia, fazendo filosofia no agreste, [devem] fazer agronomia, em parceria com Israel. Acabar com esse ódio de Israel. Israel, nas faculdades federais, é loucura o que você escuta, né?", disse.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247