Boulos: Exército nas ruas mostra incapacidade de Temer em lidar com Parente

O pré-candidato do PSOL à Presidência da República, Guilherme Boulos, criticou o anúncio de Michel Temer nesta sexta-feira, 25, de usar o Exército contra os caminhoneiros; "O exército nas ruas é mais uma demonstração da incapacidade do Temer de lidar com uma crise criada por um dos seus homens: Pedro Parente. Temer age com covardia, com uma política de preços de combustíveis que se ajoelhou diante do mercado. E agora apela para a força militar", disse Boulos pelo Twitter

Michel Temer e Guilherme Boulos 
Michel Temer e Guilherme Boulos  (Foto: Aquiles Lins)

247 - O pré-candidato do PSOL à Presidência da República, Guilherme Boulos, criticou o anúncio de Michel Temer nesta sexta-feira, 25, de usar o Exército contra os caminhoneiros que paralisam o País pelo quinto dia em greve contra o preço dos combustíveis. 

Para Boulos, a atitude de Temer mostra incapacidade diante da política de reajuste de preços da Petrobras, comandada por Pedro Parente. 

"O exército nas ruas é mais uma demonstração da incapacidade do Temer de lidar com uma crise criada por um dos seus homens: Pedro Parente. Temer age com covardia, com uma política de preços de combustíveis que se ajoelhou diante do mercado. E agora apela para a força militar", disse Boulos pelo Twitter. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247