Boulos: extremismo é ter 6 bilionários com mais renda que 100 milhões de pessoas

O pré-candidato do PSOL à Presidência da República, Guilherme Boulos, defendeu nesta quarta-feira, 23, em entrevista à rádio Jovem Pan, uma reforma política e tributária que enfrente as graves desigualdades que o País enfrenta; "Acho que extremista e radical é a realidade brasileira, extremismo é ter 6 bilionários que tem mais renda que 100 milhões de pessoas. Extremismo é uma desigualdade brutal onde rico não paga imposto e pobre paga", disse Boulos

boulos guajajara
boulos guajajara (Foto: Aquiles Lins)

247 - O pré-candidato do PSOL à Presidência da República, Guilherme Boulos, defendeu nesta quarta-feira, 23, em entrevista à rádio Jovem Pan, uma reforma política e tributária que enfrente as graves desigualdades que o País enfrenta. 

"Acho que extremista e radical é a realidade brasileira, extremismo é ter 6 bilionários que tem mais renda que 100 milhões de pessoas. Extremismo é uma desigualdade brutal onde rico não paga imposto e pobre paga", disse Boulos. "Combater a corrupção a gente faz com uma reforma política profunda, que tire as raposas do galinheiro", acrescentou o presidenciável do PSOL. 

Assista ao momento em que Boulos responde à jornalista Vera Magalhães sobre o estatuto das Cidades:

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247