Boulos: Guedes deve baixar a bola e explicar acusações de fraudes

"Paulo Guedes, com sua prepotência de banqueiro mimado, disse que quem é contra a Reforma da Previdência deve ser 'internado'. Deveria baixar a bola e se explicar sobre a acusação do MP de gestão fraudulenta em fundos de pensão", afirmou o líder do MTST

Boulos: Guedes deve baixar a bola e explicar acusações de fraudes
Boulos: Guedes deve baixar a bola e explicar acusações de fraudes

247 - O coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, criticou o ministro da Economia, Paulo Guedes, para quem "é caso de internamento" uma posição contrária à Reforma da Previdência.

"Paulo Guedes, com sua prepotência de banqueiro mimado, disse que quem é contra a Reforma da Previdência deve ser "internado". Deveria baixar a bola e se explicar sobre a acusação do MP de gestão fraudulenta em fundos de pensão", disse o ativista no Twitter.

Em audiência na Câmara dos Deputados, o ministro afirmou que quem é contrário à reforma da Previdência tem que ser internado. "Quem acha que [a reforma da Previdência] não é necessária é um problema sério. É caso de internamento. Tem que internar".

O Tribunal de Contas da União (TCU) abriu um processo com o objetivo de apurar a suspeita de fraudes em fundos de pensão envolvendo Guedes. De acordo com as investigações, o dinheiro teriam sido alocado por meio de participações (FIPs) da BR Educacional e Brasil de Governança Corporativa, empresa que pertencia ao atual ministro até o final do ano passado e que foi criada para atuar como gestora de ativos.

De acordo com o MPF, as operações resultaram em ganhos excessivos para ministro enquanto os fundos de pensão, que arcaram com o aporte financeiro, tiverem prejuízos ou ganhos menores que o esperado.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247