Boulos: Moro não é o xerife de Curitiba, muito menos do Brasil

Líder do MTST e da Frente Povo Sem Medo, Guilherme Boulos diz em vídeo que "ninguém tem que ficar à mercê do Moro para definir se vai fazer manifestação ou não. Direito de fazer manifestação é constitucional e aqueles que quiserem se manifestar em Curitiba têm o direito de fazê-lo"; assista

Líder do MTST e da Frente Povo Sem Medo, Guilherme Boulos diz em vídeo que "ninguém tem que ficar à mercê do Moro para definir se vai fazer manifestação ou não. Direito de fazer manifestação é constitucional e aqueles que quiserem se manifestar em Curitiba têm o direito de fazê-lo"; assista
Líder do MTST e da Frente Povo Sem Medo, Guilherme Boulos diz em vídeo que "ninguém tem que ficar à mercê do Moro para definir se vai fazer manifestação ou não. Direito de fazer manifestação é constitucional e aqueles que quiserem se manifestar em Curitiba têm o direito de fazê-lo"; assista (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O líder do MTST e da Frente Povo Sem Medo, Guilherme Boulos, comentou nesta segunda-feira 8 o vídeo gravado pelo juiz Sergio Moro em que ele pede para que os apoiadores da Lava Jato não se manifestem em Curitiba na próxima quarta-feira 10, quando o ex-presidente Lula prestará depoimento na capital.

Segundo Boulos, "Moro não é o xerife de Curitiba, muito menos do Brasil". "Ninguém tem que ficar à mercê do Moro para definir se vai fazer manifestação ou não", disse Boulos em vídeo postado pelos Jornalistas Livres.

"Direito de fazer manifestação é constitucional e aqueles que quiserem se manifestar em Curitiba têm o direito de fazê-lo", completou. Assista acima.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247