Boulos: nosso governo vai proteger os trabalhadores

"Uma de cada quatro ocupações do país já utiliza o contrato intermitente. O 1% mais rico deita e rola enquanto o trabalhador sobrevive de bico em bico, sem direitos ou garantias. A Reforma Trabalhista de Temer não modernizou, ela destruiu a economia", disse o presidenciável do Psol

Boulos: nosso governo vai proteger os trabalhadores
Boulos: nosso governo vai proteger os trabalhadores (Foto: Sul 21)

247 - O candidato do Psol à presidência da República, Guilherme Boulos, afirmou que, se eleito, vai proteger "vai proteger os trabalhadores". "É urgente revogar a Reforma Trabalhista e investir na geração de empregos com carteira assinada, garantindo a valorização real do salário mínimo", escreveu o presidenciável no Twitter.

Dados divulgados pelo Ministério do Trabalho apontam que, depois de serem criados em 2017 com a aprovação da reforma trabalhista, os contratos intermitentes chegaram a uma de cada quatro ocupações do mercado formal de trabalho. Entre abril e junho deste ano, 642 de 2.469 carreiras com movimentações de contratação e demissão apareceram nos registros do novo regime. O contrato intermitente é tipo de regime caracterizado pela falta de jornadas fixas regulares.

"Uma de cada quatro ocupações do país já utiliza o contrato intermitente. O 1% mais rico deita e rola enquanto o trabalhador sobrevive de bico em bico, sem direitos ou garantias. A Reforma Trabalhista de Temer não modernizou, ela destruiu a economia", disse Boulos.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247