Boulos: quem trata professor como inimigo e miliciano como amigo não tem condições para governar um país

Guilherme Boulos, coordenador do MTST e da Frente Povo Sem Medo, criticou a atitude de Jair Bolsonaro, que na manhã deste domingo (28) publicou vídeo gravado em sala de aula por estudante que destratava uma professora; "Quem trata professor como inimigo e miliciano como amigo não tem condições para governar um país, escreveu

Boulos: quem trata professor como inimigo e miliciano como amigo não tem condições para governar um país
Boulos: quem trata professor como inimigo e miliciano como amigo não tem condições para governar um país

247 - Guilherme Boulos, coordenador do MTST e da Frente Povo Sem Medo, criticou a atitude de Jair Bolsonaro, que na manhã deste domingo (28) publicou vídeo gravado em sala de aula por estudante que destratava uma professora.

"Quem trata professor como inimigo e miliciano como amigo não tem condições para governar um país, escreveu o pesolista.

Mais cedo, o jornalista Luis Nassif também havia criticado Jair Bolsonaro, o acusando de prática fascista ao expor a professora na internet e de dedo-duro, o que é recriminado inclusive nos meios militares. "Fiz o tiro de guerra e, se bem me lembro, os próprios sargentos denominavam os delatores de 'cachorros', escreveu Nassif.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247