Brasil chega a 115 mil mortos por coronavírus com mais 565 novas mortes

565 novos óbitos em decorrência da Covid-19 marcaram esta segunda-feira, 24, no Brasil. O total de mortes foi elevado a 115.309, de acordo com o Ministério da Saúde. O país também notificou 17.078 novos casos da doença, atingindo um total de 3.622.861 infecções confirmadas

Cruzes colocadas em Brasília para marcar os mortos pela Covid-19 no Brasil 12/08/2020
Cruzes colocadas em Brasília para marcar os mortos pela Covid-19 no Brasil 12/08/2020 (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - O Brasil registrou nesta segunda-feira 565 novos óbitos em decorrência da Covid-19, o que eleva o total de mortes pela doença no país a 115.309, de acordo com dados do Ministério da Saúde.

Segundo país mais afetado pelo coronavírus no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, o Brasil também notificou 17.078 novos casos da doença, atingindo um total de 3.622.861 infecções confirmadas.

Mantendo tendência verificada ao longo dos últimos meses, novamente os número desta segundas-feira ficaram abaixo dos demais dias úteis, por causa do atraso no processamento de testes aos finais de semana.

Nesta segunda, o ministro interino da Saúde, general Eduardo Pazuello, reforçou a orientação de diagnóstico e tratamento precoces da doença —como a procura por um médico logo nos primeiros sintomas—, afirmando que o número de mortes no país seria mais baixo se o protocolo tivesse sido adotado desde o início da pandemia.

“Nosso tratamento precisa ser precoce e imediato... Se isso acontecer, o risco de morte cai drasticamente. Se nós tivéssemos feito isso desde o início, nós teríamos tido menos mortes no nosso país, eu não tenho nenhuma dúvida”, disse Pazuello em visita ao Ceará, quarto Estado brasileiro com maior número de casos de Covid-19.

O Estado mais afetado pela doença no país é São Paulo, que atingiu nesta segunda as marcas de 756.480 casos e 28.505 óbitos. O governo paulista disse nesta segunda que há uma tendência de queda nas contagens locais, tendo indicado que a média diária de novos casos na semana passada foi a menor no Estado em cerca de um mês.

“Ainda estamos em um processo de redução do número de casos, redução do número de internações, redução do número de óbitos. E mesmo depois, quando nós alcançarmos o objetivo de baixo número de casos e óbitos, vamos ter que continuar com os cuidados para que não ocorra um segundo pico... Vamos comemorar (o resultado), mas com bastante cuidado”, afirmou o coordenador do Centro de Contingência da Covid-19 em São Paulo, José Medina, em entrevista coletiva nesta segunda.

Na sequência da lista por Estados divulgada pelo Ministério da Saúde aparecem a Bahia, com 237.208 infecções e 4.981 mortes, e o Rio de Janeiro, com 211.360 casos e 15.392 óbitos. O Ceará, em quarto lugar, contabilizou 205.564 casos e 8.282 mortes.

No total, 15 Estados e o Distrito Federal já registraram pelo menos 100 mil casos da doença.

Ainda segundo o Ministério da Saúde, o Brasil possui 2.778.709 pacientes recuperados da doença, além de 728.843 pessoas em acompanhamento. A taxa de letalidade da Covid-19 no país é de 3,2%.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247