Brasil é eleito para a Comissão de Estatística das Nações Unidas

Criada em 1947, a Unstats tem como função sugerir e orientar pesquisas estatísticas de órgãos oficiais nacionais e internacionais; mandato brasileiro - o único de língua portuguesa entre os atuais integrantes - será entre 2014 e 2017

Brasil é eleito para a Comissão de Estatística das Nações Unidas
Brasil é eleito para a Comissão de Estatística das Nações Unidas

Renata Giraldi*
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O Brasil foi eleito para integrar, por quatro anos, a Comissão de Estatística das Nações Unidas (cuja sigla em inglês é Unstats), entidade máxima do sistema estatístico internacional. O país, que representará a América Latina e o Caribe, é o único de língua portuguesa entre os atuais integrantes.

O mandato brasileiro será entre 2014 e 2017. Criada em 1947, a Comissão de Estatística das Nações Unidas tem como função sugerir e orientar pesquisas estatísticas de órgãos oficiais nacionais e internacionais.

Segundo a entidade, o objetivo é compilar e divulgar informações estatísticas para o desenvolvimento de padrões e normas destinadas às atividades na área, buscando fortalecer os sistemas nacionais. Mais detalhes podem ser obtidos na página da instituição.

A comissão é formada por 24 membros de 192 países da Organização das Nações Unidas (ONU). Os integrantes são eleitos pelo Conselho Econômico e Social das Nações Unidas com base na distribuição geográfica. São cinco membros da África, quatro da Ásia, 11 da Europa quatro da América Latina e do Caribe.

*Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247