Brasil expulsa venezuelanos, mas não paga a luz de Roraima que a Venezuela fornece

Roraima é único estado não interligado ao sistema elétrico brasileiro e que depende em grande parte das importações vindas do país vizinho. A medida seria uma resposta à falta de pagamento de uma dívida, de pelo menos R$ 136 milhões, que a Eletrobras acumula com a estatal venezuelana

 Brasil expulsa venezuelanos, mas não paga a luz de Roraima que a Venezuela fornece
Brasil expulsa venezuelanos, mas não paga a luz de Roraima que a Venezuela fornece (Foto: Ueslei Marcelino - Reuters)

247 - A Venezuela poderá interromper o fornecimento de energia a Roraima, único estado não interligado ao sistema elétrico brasileiro e que depende em grande parte das importações vindas do país vizinho. A medida seria uma resposta à falta de pagamento de uma dívida, de pelo menos R$ 136 milhões, que a Eletrobras acumula com a estatal venezuelana pela compra de energia usada para abastecer a unidade federativa do Norte do Brasil.

De acordo com a empresa brasileira, a falta de pagamento seria consequência de um problema operacional. Em junho deste ano, a Eletrobras relatou que os bancos nacionais encontravam dificuldade para processar a operação.

O entrave teria acontecido por causa do embargo dos Estados Unidos à Venezuela, que impede operações de bancos com o país, restrição que afeta as instituições brasileiras indiretamente.

Brasil e Venezuela não gozam de relações amistosas em termos de políticas migratórias. Um tumulto aconteceu no sábado (18), em Roraima, após a família do comerciante Raimundo Nonato de Oliveira, de 55 anos, relatar à Polícia Militar que ele foi assaltado e agredido por venezuelanos na noite de sexta (17). Mais de 1 mil cidadãos do país vizinho foram expulsos por moradores que atearam fogo em nas barracas deles e roupas. Também perseguiram com paus e facas.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247