Brasil pode passar do 'sonho' ao 'pior da Humanidade' com Bolsonaro, diz artista africano

O ator e empreendedor Etienne Minoungou manifestou profunda preocupação com o Brasil; o artista de Burkina Faso, que é também comediante e sociólogo, acredita que a herança africana no Brasil está sob risco no mandato do presidente Jair Bolsonaro , afirmando que o seu governo dissemina a intolerância e a xenofobia

Em entrevista ao jornal O Globo, Etienne falou sobre o Brasil: "foi muito importante ter ido ao Brasil. Durante minha estada, houve muitas sessões de debate com intelectuais, artistas e outros.  Pude sentir muita dúvida sofre o futuro. O poder da diversidade brasileira e da sua História — com muitas pessoas oriundas de tantas regiões diferentes, que hoje integram o povo brasileiro — é para, nós, africanos, o futuro da Humanidade. O Brasil simboliza isso. Mas hoje, com o governo Bolsonaro, parece que esta diversidade está em risco. Tememos que este "futuro da Humanidade" seja, agora, o pior da Humanidade. E este não é só um problema para o Brasil, mas também para africanos, europeus e americanos, porque é nosso sonho estarmos juntos nesta diversidade com liberdade.   

Sobre as relações África e Brasil, ele disse: "para preservar a cultura, uma das chaves para o futuro deve vir da memória e do conhecimento tradicionais. Você tem que empoderar as pessoas em grandes e pequenas cidades, incluindo pobres, para que possam abrir seus desejos, sonhos e memórias para que nos tragam novas possibilidades."   

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247