Brasil tem mais de 51 mil novos casos de Covid-19 pelo quarto dia seguido

Houve ainda mais 1.211 óbitos nas últimas 24 horas, o que eleva a contagem total de mortes por coronavírus a 86.449, informou o Ministério da Saúde

Funcionários de cemitério com roupa de proteção durante enterro de vítima da Covid-19 em Nova Iguaçu (RJ) 16/07/2020
Funcionários de cemitério com roupa de proteção durante enterro de vítima da Covid-19 em Nova Iguaçu (RJ) 16/07/2020 (Foto: REUTERS/Pilar Olivares)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

BRASÍLIA (Reuters) - O Brasil registrou neste sábado 51.147 novos casos de coronavírus, chegando a um total de 2.394.513 infecções, e mais 1.211 óbitos em decorrência da Covid-19, o que eleva a contagem total de mortes a 86.449, informou o Ministério da Saúde.

Esse é o quarto dia consecutivo em que o país contabiliza mais de 50 mil novos casos da doença, depois de um problema técnico enfrentado por Estados para o registro de casos no fim de semana passado e também após o ministério publicar uma portaria que passou a exigir a notificação de testes realizados por qualquer laboratório do Brasil.

O número também é alto para um final de semana, quando os registros tendem a ser menores do que durante os dias úteis.

Na quarta-feira, o país bateu mais um recorde de notificações desde o início da pandemia, com mais de 67 mil casos. Na quinta, o número chegou a quase 60 mil e, na sexta, com 55.891, teve a terceira maior registrada pelo país em um só dia.

O Brasil é o segundo país do mundo com maior número de casos e mortes por Covid-19, atrás apenas dos Estados Unidos.

Reportagem de Lisandra Paraguassu

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247