Câmara cobra que Dallagnol preste esclarecimentos sobre a Vaza Jato

Procurador da República e coordenador da Lava Jato, Deltan Dallagnol, foi convidado a prestar esclarecimentos à Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados sobre as mensagens que apontam para a manipulação e direcionamento dos processos da operação, mas ainda não deu resposta; afirmação foi feita pelo presidente da comissão, deputado Helder Salomão (PT-ES), durante audiência realizada pela Câmara com o ministro da Justiça, Sérgio Moro

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O procurador da República e coordenador da Lava Jato, Deltan Dallagnol, foi convidado a prestar esclarecimentos à Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados sobre as mensagens trocadas entre ele, o ex-juiz e atual Ministro da Justiça, Sérgio Moro, e outros integrantes da operação que apontam para a manipulação e direcionamento dos processos ligados a operação, como revelado pelo site The Intercept, mas ainda não deu resposta. 

A afirmação sobre a falta de resposta do convite feito a Dallagnol foi feita pelo presidente da comissão, deputado Helder Salomão (PT-ES), durante sua fala na audiência realizada pela Câmara com o ministro da Justiça, Sérgio Moro, nesta terça-feira (2). Moro também foi chamado a prestar esclarecimentos sobre o assunto, já que ele era o juiz federal responsável por julgar os processos da Lava Jato em Curitiba. O diretor do site The Intercept, também já foi ouvido sobre o assunto na semana passada. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247