Câmara deverá votar em maio o 'homeschooling', projeto de interesse da base bolsonarista

Presidente da Câmara, Arthur Lira, teria se comprometido a pautar o projeto que regulamenta o ensino domiciliar no Brasil na primeira semana de maio

www.brasil247.com - Presidente da Câmara, Arthur Lira
Presidente da Câmara, Arthur Lira (Foto: REUTERS/Adriano Machado)


247 - A Câmara dos Deputados deverá levar para votação em plenário, no início de maio, o projeto de lei de iniciativa da base bolsonarista que regulamenta o ensino domiciliar no Brasil, também conhecido como homeschooling. 

De acordo com a coluna do jornalista Igor Gadelha, do Metrópoles, parlamentares que acompanham o assunto na Casa teriam afirmado que o presidente da Câmara , Arthur Lira (PP-AL), teria se comprometido a pautar a proposta na primeira semana de maio.

Segundo a reportagem, “o texto final que será votado ainda está em construção. A expectativa, porém, é manter boa parte do parecer apresentado pela relatora, deputada Luisa Canziani (PSD-PR), na comissão de Educação da Câmara”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“A aprovação do homeschooling deverá ser o primeiro grande desafio do novo ministro da Educação, Victor Godoy. Em reunião com deputados no começo de abril, ele sinalizou que o ensino domiciliar seria sua prioridade”, destaca o colunista. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email