Capitã Cloroquina é condenada a pagar R$ 10 mil em ação contra Aziz

A secretária do Ministério da Saúde Mayra Pinheiro perdeu processo contra Omar Aziz por críticas que ele fez no âmbito da CPI da Covid-19

www.brasil247.com - Secretária de Gestão do Trabalho e da Educação do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, a Capitã Cloroquina
Secretária de Gestão do Trabalho e da Educação do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, a Capitã Cloroquina (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News

Metrópoles - A 18ª Vara Cível de Brasília indeferiu todos os pedidos de Mayra Isabel Correia Pinheiro, conhecida como Capitã Cloroquina, na ação em que ela pedia indenização do presidente da CPI da Covid-19, senador Omar Aziz (PSD-AM). Mayra Pinheiro ainda foi condenada a pagar R$ 10 mil (10% do valor da causa) em honorários advocatícios e custas processuais.

Mayra Pinheiro, secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, do Ministério da Saúde, alegou à Justiça que o senador marcou sua atuação na liderança da CPI da Covid-19 com “demonstração de misoginia”. Ela também afirmou que Omar Aziz ofendeu publicamente sua “dignidade, honra e conceito profissional”.

Leia a íntegra no Metrópoles.

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email