Cargo de Gurgel é disputado por 4 pré-candidatos

Procuradores receiam de que o Planalto escolha qualquer um dos nomes, ou mesmo um candidato alternativo, apenas para substituir o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, como retaliação devido ao julgamento do 'mensalão'

Cargo de Gurgel é disputado por 4 pré-candidatos
Cargo de Gurgel é disputado por 4 pré-candidatos
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O cargo do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, está bastante disputado. De acordo com reportagem do jornal Valor Econômico desta quarta-feira 16, já há quatro pré-candidatos para assumir o comando do Ministério Público. A lista com os nomes dos subprocuradores-gerais da República Deborah Duprat, Raquel Dodge, Rodrigo Janot e Sandra Cureau será encaminhada para avaliação da presidente Dilma Rousseff. Gurgel ainda está a seis meses de deixar o cargo.

A tradição, desde o governo Lula, é que a lista seja submetida a voto da classe e que o primeiro mais votado assumirá pelo mandato de dois anos. De acordo a reportagem, porém, existe um temor entre procuradores de que Dilma opte por qualquer um dos nomes, ou mesmo por algum candidato alternativo, apenas para substituir Gurgel, como retaliação pelo julgamento da Ação Penal 470, que condenou líderes petistas.

A eleição definirá o fim ou a continuidade de uma era chamada de "grupo dos tuiuiús" à frente da Procuradoria Geral da República. "O tuiuiú é uma ave típica do Pantanal, que voa baixo e parece tropeçar nas próprias pernas. Era assim que se sentia uma turma de procuradores que, nos anos 90, se reunia às sextas-feiras para falar amenidades e criticar a gestão de Brindeiro - cuja inércia diante dos fatos mais escandalosos lhe valeu o apelido de engavetador-geral da República. Os tuiuiús lançavam insistentemente a candidatura de Antonio Fernando de Souza, sem sucesso", explica a reportagem.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email