Carlos Bolsonaro se vangloria por ter 'explodido' o general Santos Cruz

Carlos Bolsonaro tem se vangloriado a aliados de atuar diretamente no processo de "fritura" do ministro Carlos Alberto dos Santos Cruz, chefe da Segov, que se tornou alvo de ataques virtuais mobilizados pelo guru do clã Olavo de Carvalho; a um interlocutor, o filho do presidente Jair Bolsonaro, que é fervoroso discípulo do guru, disse ter "explodido" o ministro

Carlos Bolsonaro se vangloria por ter 'explodido' o general Santos Cruz
Carlos Bolsonaro se vangloria por ter 'explodido' o general Santos Cruz (Foto: Reuters | Reprodução | ABr)

247 - O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) tem se vangloriado a aliados de atuar diretamente no processo de "fritura" do ministro Carlos Alberto dos Santos Cruz, chefe da Secretaria de Governo (Segov), que se tornou alvo de um ataque virtual nos últimos dias. A um interlocutor, o filho do presidente Jair Bolsonaro disse ter "explodido" o ministro, referindo-se a uma publicação na semana passada no Twitter no qual criticou a comunicação do Palácio do Planalto , área subordinada à pasta de Santos Cruz. A informação é do jornal O Globo. 

Em outra conversa, Carlos, que é discípulo do guru Olavo de Carvalho, disse não se importar com a opinião de integrantes do Executivo, que o criticam por desencadear crises no governo. Ele se defende afirmando que está "fazendo o que é certo", sairá limpo deste processo e conta com o apoio da militância bolsonarista. Procurado para comentar, o vereador não respondeu.

O ministro-chefe da Segov já estava na mira de Carlos e seguidores de Olavo há mais de um mês. Responsável pela Secretaria de Comunicação (Secom), área de interesse particular do filho do presidente, ele vinha sendo criticado por não ser considerado conservador o suficiente e por estar em rota de colisão com os interesses da ala ideológica.

Neste fim de semana, a guerra ganhou novas dimensões quando a hashtag #ForaSantosCruz se tornou um dos assuntos mais comentados do Twitter.

Entenda o caso

O imbróglio entre militares e a ala Olavista começou desde o início da gestão do capitão reformado. A intenção do guru é promover uma cruzada contra os membros das Forças Armadas que estão no primeiro escalão do governo. 

Após, nas últimas semanas, Olavo disparar diversos ataques ao vice presidente, General Hamilton Mourão, chamando-o até de "idiota", o novo alvo, Santos Cruz, está sendo bombardeado com uma chuva de palavras de baixo escalão proferidas pelo guru. Leia mais aqui.

Numa sucessão de 13 tweets entre a tarde de domingo e manhã desta segunda (6) Olavo de Carvalho Carvalho afirmou que o general é "um merda" e lançou a palavra de ordem para a demissão do general-ministro: "ninguém votou para ter um governo de generais tucanos".

Aumentando o nível de disparos contra Cruz, Olavo chegou até a debochar da doença que acomete o militar. "A quem me chama de desocupado não posso nem responder que desocupado é o cu dele, já que não para de cagar o dia inteiro", tuitou Olavo.

O general Villas Bôas sofre de uma doença degenerativa grave, mas ele não releva o nome da enfermidade.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247