Carlos é o único do clã sem foro privilegiado e Bolsonaro teme que ele seja preso

"Na hora em que descer, vão pegar ele", teria dito Bolsonaro a aliados em referência à possibilidade dos inquéritos abertos contra o filho "descerem" para a justiça comum

www.brasil247.com - Carlos e Jair Bolsonaro
Carlos e Jair Bolsonaro (Foto: Alan Santos/PR)


247 - Aliados de Jair Bolsonaro (PL) avaliam que a reclusão e o mutismo do atual ocupante do Palácio do Planalto desde que perdeu a eleição presidencial para Luiz Inácio Lula da Silva  (PT), no dia 30 de outubro, está ligada ao temor de que o filho Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) seja alvo de uma ordem de prisão, diz a jornalista thaís Oyama, no UOL.  

"Na hora em que descer, vão pegar ele", teria dito Bolsonaro, segundo um aliado, "referindo-se aos riscos que correrá seu filho Carlos se os inquéritos em que ele está envolvido, transformados em processo, ‘descerem’ para a justiça comum”, ressalta a reportagem. O vereador Carlos Bolsonaro é o único filho político do atual ocupante do Palácio do PLanalto sem direito a foro privilegiado

Até o ano passado, a Constituição do Estado do Rio de Janeiro garantia a vereadores o direito ao foro privilegiado, que segundo a Constituição Federal é reservado apenas a presidentes, governadores, ministros, senadores, deputados federais e prefeitos. A legislação, porém, foi considerada inconstitucional em abril de 2021. Com isso, Carlos Bolsonaro perdeu o direito de ser processado e julgado por tribunais superiores.

O parlamentar é investigado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro pela suspeita do crime de "rachadinha", além de ser alvo de um inquérito da Polícia Federal sob a acusação de integrar milícias digitais antidemocráticas.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247