Carlos Lupi, presidente do PDT, nega aliança com PT em 2022

O presidente do PDT, Carlos Lupi, negou que seu partido vai se aliar ao PT nas eleições de 2022. Para o dirigente, é “pouquíssimo provável” que os dois partidos caminhem juntos nas próximas eleições presidenciais. A afirmação é feita depois da repercussão do encontro entre Lula e Ciro Gomes realizado em setembro último

Ciro Gomes e Lula
Ciro Gomes e Lula (Foto: RICARDO STUCKERT)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente do PDT, Carlos Lupi, declarou que acha "pouquíssimo provável" uma aliança com o PT em 2022, porque em sua opinião o partido de Lula não vai aceitar ser vice. O dirigente disse que o PTD não vai abrir mão da candidatura própria.

Lupi diz que o PDT não volta atrás da decisão de que Ciro Gomes será o candidato. E criticou o PT por ter uma "linha comportamental que não aceita apoiar ninguém, até hoje é assim". 

As declarações foram feitas à coluna da jornalista Bela Megale, do Globo.

A jornalista ressalta que, apesar disso os dois partidos elogiaram a retomada do diálogo entre Lula e Ciro que estavam rompidos desde 2018.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247