Carnavalesco da Imperatriz fala sobre polêmica com ruralistas

Em conversa com o jornalista Sidney Rezende, diretor do SRzd, o carnavalesco da Imperatriz Leopoldinense, Cahe Rodrigues, disse que não "houve a intenção nem dele, e nem da Imperatriz, ofender o agronegócio brasileiro" com o enredo "Xingu – o clamor que vem da floresta", que defende os índios; o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) disse que pedirá investigação por meio de CPI do samba-enredo, que segundo ele "atacou" o agronegócio

Em conversa com o jornalista Sidney Rezende, diretor do SRzd, o carnavalesco da Imperatriz Leopoldinense, Cahe Rodrigues, disse que não "houve a intenção nem dele, e nem da Imperatriz, ofender o agronegócio brasileiro" com o enredo "Xingu – o clamor que vem da floresta", que defende os índios; o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) disse que pedirá investigação por meio de CPI do samba-enredo, que segundo ele "atacou" o agronegócio
Em conversa com o jornalista Sidney Rezende, diretor do SRzd, o carnavalesco da Imperatriz Leopoldinense, Cahe Rodrigues, disse que não "houve a intenção nem dele, e nem da Imperatriz, ofender o agronegócio brasileiro" com o enredo "Xingu – o clamor que vem da floresta", que defende os índios; o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) disse que pedirá investigação por meio de CPI do samba-enredo, que segundo ele "atacou" o agronegócio (Foto: Gisele Federicce)

Do SRzd - O carnavalesco da Imperatriz Leopoldinense, Cahe Rodrigues, em conversa com o jornalista Sidney Rezende, diretor do SRzd, disse que a escola divulgará uma nota oficial e um vídeo, nesta quinta (12), de esclarecimento sobre o enredo "Xingu – o clamor que vem da floresta".

De acordo com Cahe, não "houve a intenção nem dele, e nem da Imperatriz, ofender o agronegócio brasileiro".

Ouça seu depoimento:

Confira o samba da escola:

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247