Carrefour é condenado na Justiça por agressão a casal homossexual

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) condenou o Carrefour a indenizar um casal homossexual por hostilizações sofridas em 2016

(Foto: Reuters/Regis Duvignau)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) condenou no último dia 11 a rede de supermercados Carrefour pelo fato de seguranças terem hostilizado um casal homossexual em 2016. Cada um receberá R$10 mil mais o valor do conserto do carro, que foi chutado pelos seguranças.

Na ocasião, como revelado na coluna de Rogério Gentile, no Uol, o casal ia votar e deixou o carro estacionado no supermercado. Eles argumentam que haviam feito compras, mas os seguranças não pararam de chutar o veículo e hostilizar verbalmente o casal. A cancela que leva à saída havia sido trancada por um dos seguranças, o que fez com que tivessem que forçar a passagem.

“Eles foram submetidos a humilhação e constrangimento”, afirmou o desembargador Andrade Neto, relator do processo.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247