Chanceler do golpe, Aloysio dirá nos EUA que Temer fica

Prestes a embarcar para uma visita aos Estados Unidos, o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, afirmou que levará a Washington a mensagem de que  Michel Temer "vai ficar" no poder e que o movimento por eleições diretas agora "não tem nenhum cabimento"; o chanceler brasileiro será recebido na próxima sexta-feira (2) pelo secretário de Estado americano, Rex Tillerson, num momento sensível para o governo Temer. O ministro diz que reafirmará ao colega a solidez das instituições brasileiras

Aloysio Nunes
Aloysio Nunes (Foto: Giuliana Miranda)

247 - O ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, prestes a embarcar em viagem para os Estados Unidos, afirmou que levará a Washington a mensagem de que  Michel Temer "vai ficar" no poder e que o movimento por eleições diretas agora "não tem nenhum cabimento".

As informações são de reportagem de Isabel Fleck na Folha de S.Paulo.

"'Diretas-Já não tem nenhum cabimento. Isso é uma coisa que a Constituição brasileira não admite", afirmou Nunes à Folha, por telefone. 'O governo Temer vai ficar', disse, ao ser questionado sobre como responderia a eventuais perguntas dos interlocutores americanos sobre a estabilidade do governo.

O chanceler brasileiro será recebido na próxima sexta-feira (2) pelo secretário de Estado americano, Rex Tillerson, num momento sensível para o governo Temer. O ministro diz que reafirmará ao colega a solidez das instituições brasileiras.

"O Brasil tem instituições democráticas que funcionam, o Judiciário independente, o Ministério Público que funciona sem nenhum obstáculo", disse, antecipando o que dirá a Tillerson.

Após a delação premiada dos irmãos Batista, do grupo JBS, o STF abriu inquérito para apurar se Temer cometeu crime de obstrução à Justiça. O escândalo gerou manifestações pedindo a renúncia do presidente e eleições diretas, como a deste domingo (28), que, segundo os organizadores, reuniu 100 mil pessoas, entre eles artistas e movimentos de esquerda. A polícia não divulga estimativa de público."

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247