Chefe de quadrilha segundo a PGR, Temer se diz vítima de quadrilha

Michel Temer usou sua conta no Twitter para justificar sua agenda com quase 50 deputados nesta terça-feira (3), afirmando que é preciso "lidar com mais uma denúncia inepta e sem sentido"; ele também criticou o ex-procurador geral da República Rodrigo Janot, responsável pela segunda denúncia contra o peemedebista; "Precisamos lidar com mais uma denúncia inepta e sem sentido, proposta por uma associação criminosa que quis parar o país", postou

Michel Temer usou sua conta no Twitter para justificar sua agenda com quase 50 deputados nesta terça-feira (3), afirmando que é preciso "lidar com mais uma denúncia inepta e sem sentido"; ele também criticou o ex-procurador geral da República Rodrigo Janot, responsável pela segunda denúncia contra o peemedebista; "Precisamos lidar com mais uma denúncia inepta e sem sentido, proposta por uma associação criminosa que quis parar o país", postou
Michel Temer usou sua conta no Twitter para justificar sua agenda com quase 50 deputados nesta terça-feira (3), afirmando que é preciso "lidar com mais uma denúncia inepta e sem sentido"; ele também criticou o ex-procurador geral da República Rodrigo Janot, responsável pela segunda denúncia contra o peemedebista; "Precisamos lidar com mais uma denúncia inepta e sem sentido, proposta por uma associação criminosa que quis parar o país", postou (Foto: Paulo Emílio)

Reuters - O presidente Michel Temer usou sua conta no Twitter para justificar sua agenda com quase 50 deputados nesta terça-feira, afirmando que é preciso "lidar com mais uma denúncia inepta e sem sentido".

A segunda denúncia apresentada contra Temer ainda pelo ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot, por associação criminosa e obstrução de investigação, precisa ter o processo autorizado pela Câmara para que possa ter prosseguimento.

"Precisamos lidar com mais uma denúncia inepta e sem sentido, proposta por uma associação criminosa que quis parar o país. O Brasil não será pautado pela irresponsabilidade e falta de compromisso de alguém que se perdeu pelas próprias ambições", escreveu Temer em uma sequência de mensagens na rede social.

Reportagem de Lisandra Paraguassu

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247