Chega ao Brasil insumo da China que vai permitir fabricação de 8,6 milhões de doses da Coronavac

Chegou ao Brasil, proveniente da China, na noite desta quarta-feira (3), a carga de 5,4 mil litros do Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) que permitirá que a produção pelo Instituto Butantan de 8,6 milhões de doses da vacina Coronavac, desenvolvida em parceria com a Sinovac

(Foto: Reprodução/Twitter/João Doria)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A carga com 5,4 mil litros do Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) para a produção de 8,6 milhões de doses da Coronavac já está no Brasil. Os insumos chegaram na noute desta quarta-feira (3) no Aeroporto de Viracopos, em Campinas, interior de São Paulo.

A chegada foi acompanhada pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), pelo diretor do Butantan, Dimas Covas, e pelo secretário de Saúde do Estado, Jean Gorinchteyn.

"Estamos no aeroporto de Viracopos, em Campinas, para receber o maior lote da Vacina do Butantan até o momento. A carga com 5,4 mil litros de insumos, capazes de produzir 8,6 milhões de doses da vacina do Butantan, desembarcou há pouco. Mais um importante passo para salvar vidas", escreveu o governador no Twitter. 

Terminam assim, pelo momento os problemas enfrentados para a importação do insumo.   O governo espera um novo carregamento no dia 10 de fevereiro, que será capaz de produzir mais 8,6 milhões de doses. A produção da Coronavac pelo Instituto Butantan foi comprada pelo Ministério da Saúde e está sendo distribuída aos Estados, informa O Estado de S.Paulo.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email