Ciro Gomes perde processo para jornalistas e terá de pagar R$ 13 mil

O ex-ministro Ciro Gomes foi derrotado em processo por danos morais que moveu na Justiça de São Paulo contra a revista "Veja" e os jornalistas Nonato Viegas e Hugo Marques. Ciro disse à Justiça que as acusações eram "levianas, ofensivas e inverídicas"

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-ministro Ciro Gomes foi derrotado em processo por danos morais que moveu na Justiça de São Paulo contra a revista "Veja" e os jornalistas Nonato Viegas e Hugo Marques e terá de pagar R$ 13,1 mil aos advogados dos jornalistas. A informação é do jornal Folha de S.Paulo. 

O processo foi movido em razão da reportagem intitulada "O esquema cearense". O texto, publicado em 2018, dizia que a Procuradoria da República apurava a existência de um esquema de extorsão contra empresários do Estado e afirmava que um ex-tesoureiro do Pros (Niomar Calazans) implicava Ciro no caso.

Na reportagem, Niomar dizia que o esquema era utilizado para financiar campanhas eleitorais e que Ciro e seu irmão Cid Gomes haviam comprado por R$ 2 milhões o controle do partido no Ceará durante as eleições de 2014.

O ex-governador disse à Justiça que as acusações eram "levianas, ofensivas e inverídicas" e que a revista, sem dispor de provas, jamais poderia ter publicado o texto.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email